Santa Lúcia

Geografia
País das Caraíbas. A ilha de Santa Lúcia faz parte das Pequenas Antilhas e situa-se a sul de Martinica e a nordeste de São Vicente. Abrange uma área de 616 km2. A cidade mais importante é Castries, a capital, com 61 000 habitantes (2004).
Clima
O clima é tropical húmido.
Economia
A economia de Santa Lúcia baseia-se na agricultura e no turismo. As culturas dominantes são a banana, a copra, a fruta-pão, a manga, a papaia, o cacau, a pimenta e o ananás. A indústria produz bens alimentares, bebidas, produtos de papel, componentes elétricos e eletrónicos e óleo de copra. As exportações englobam as bananas e os produtos manufaturados. As importações abrangem produtos alimentares, combustíveis, produtos químicos e maquinaria. Os principais parceiros comerciais de Santa Lúcia são o Reino Unido, os Estados Unidos da América, Trindade e Tobago e o Japão.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas, 1999), é de 2,1.
População
A população era, em 2006, de 168 458 habitantes, o que correspondia a uma densidade de 2649,97hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 16,98%o e 5,08%o. A esperança média de vida é de 73,84 anos. O valor do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,775 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) não foi atribuído (2001). Estima-se que em 2025 a população seja de 209 000 habitantes. Os principais grupos étnicos são os negros (91%), os mestiços (6%) e os índios (3%). As religiões com maior expressão são a católica, com 79%, e a protestante, com 19%. A língua oficial é o inglês.
História
Santa Lúcia foi povoada pelos Ingleses, em 1605, durante muito pouco tempo. Nos dois séculos seguintes esteve, alternadamente, sob o controlo dos Ingleses e dos Franceses. Em 1814, a Inglaterra começou a administrar definitivamente a ilha, que em 1979 obteve a independência e passou a ser membro da Commonwealth.
Santa Lúcia é uma monarquia constitucional, em que o Chefe de Estado é a rainha Isabel II.
Como referenciar: Porto Editora – Santa Lúcia na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-07-27 02:14:56]. Disponível em