Santiago Calatrava

Arquiteto espanhol, Santiago Calatrava nasceu em 1951, em Valência. Formou-se em arquitetura e urbanismo na sua cidade natal e, posteriormente, estudou engenharia civil em Zurique, na Suíça, tendo-se doutorado em Ciências Técnicas com uma tese sobre estruturas articuladas. Em 1981, abre um escritório de arquitetura nesta cidade, onde se radica. Como arquiteto e engenheiro, a sua obra caracteriza-se pelo desenvolvimento de estruturas complexas em aço, por vezes inspiradas em estruturas naturais como os esqueletos animais ou as ramificações das plantas. Calatrava rejeita a integração de referências históricas, distanciando-se assim dos movimentos considerados pós-modernistas.
Intervindo inicialmente na Suíça, onde vive, cedo obteve um grande reconhecimento mundial tendo-se dedicado à construção de grandes obras públicas - pontes, gares de caminho de ferro ou torres de televisão. Neste capítulo, destacam-se a Ponte Alamillo na Expo de Sevilha (1992), a Torre Telefónica do Complexo Olímpico de Barcelona (1992) ou a nova estação ferroviária Gare do Oriente em Lisboa (1998).
Como referenciar: Santiago Calatrava in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-25 06:32:39]. Disponível na Internet: