Sebastien Loeb

Piloto de automóveis francês nascido a 26 de fevereiro de 1974, em Oberhoffen.
Loeb despertou tarde para o desporto automóvel já que só aos 21 anos, em 1995, se estreou nas corridas ao participar esporadicamente em ralis.
Em 1998 alinhou na versão francesa do Troféu Citroën Saxo, tendo voltado a concorrer em 1999, ano em ganhou a competição. O seu talento não passou despercebido ao antigo piloto francês Guy Frequelin diretor da equipa de ralis da Citroën. Este passou a dirigir a carreira de Loeb, que em 2000 participou no Campeonato Francês de Ralis com um Xsara. No ano seguinte, sempre ao serviço da Citroën, Loeb ganhou o Mundial Júnior de Ralis e estreou-se no Mundial de Ralis, ao participar na prova de San Remo, onde ficou no segundo lugar.
Em 2002, a marca francesa escolheu-o para piloto permanente da sua equipa, com modelos Xsara, e Loeb correspondeu ganhando a primeira prova da temporada, o Rali de Monte Carlo. No entanto, acabou por ser desclassificado devido a uma mudança ilegal de pneus. Mesmo assim, 2002 ficou marcado pela sua primeira vitória numa prova do mundial, quando Loeb ganhou o Rali da Alemanha.
No ano seguinte, venceu três provas e ficou apenas a um ponto de ganhar o título Mundial de Ralis, que foi conquistado por Petter Solberg.
No entanto, em 2004, sempre com um Xsara, Loeb foi o mais forte da temporada e sagrou-se campeão do mundo. Ganhou cinco provas do mundial, entre as quais o Rali da Suécia. Foi a primeira vez no historial deste rali que triunfou um piloto não escandinavo.
Em 2005, o francês voltou a ser campeão do Mundo de Ralis, num ano em que bateu uma série de recordes. Assim, com o seu Xsara, Loeb ganhou um total de nove provas num só ano, seis das quais seguidas, e conseguiu, pela primeira vez no historial do Mundial de Ralis, triunfar em todas as classificativas de uma prova, o que sucedeu na Córsega. Neste ano, Loeb abdicou ainda de vencer o Rali da Grã-Bretanha. Numa altura em que seguia em primeiro penalizou de propósito porque não quis ganhar a prova quando o seu concorrente direto, Marcus Gronholm, havia desistido devido à morte de um colega de equipa num acidente. Ainda em 2005 Loeb estreou-se a correr nas míticas 24 Horas de Le Mans, uma prova de resistência, numa carro da equipa Pescarolo.
Como referenciar: Sebastien Loeb in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-08 19:01:07]. Disponível na Internet: