secção eficaz

A secção eficaz consiste numa grandeza física proporcional à probabilidade de se verificar uma determinada interação entre um núcleo e uma partícula elementar ou entre duas delas. Mede-se em barns (b), cujas dimensões são de uma área (1b = 10-28 m2).
Existem diversos tipos de secção eficaz: secção eficaz diferencial, num fenómeno que conduz à emissão de uma partícula em determinada direção, aquela que se considera por unanimidade de ângulo sólido; secção eficaz efetiva, designação atribuída ao valor médio das secções eficazes correspondentes aos neutrões de um grupo energético; secção eficaz macroscópica, consiste na soma das secções eficazes dos átomos de uma unidade de volume para uma interação determinada de um material dado. Mede-se geralmente em centímetros menos 1 (cm-1); secção eficaz térmica, aquela que se considera para interações com neutrões térmicos; secção eficaz total é a soma das secções eficazes de cada uma das interações com partículas incidentes.
Como referenciar: Porto Editora – secção eficaz na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-19 15:10:31]. Disponível em