seleção natural

Processo pelo qual, e de acordo com o Darwinismo, aparecem e desaparecem as espécies, relacionado com uma duração que permite que só os indivíduos mais bem adaptados ao meio envolvente se desenvolvam bem. Darwin observou que o número de elementos de uma população se mantém nuns valores relativamente estáveis, embora nascessem mais crias do que as necessárias para manter o número. Também observou características diferentes entre os diferentes indivíduos de uma população, e concluiu que a doença, a competitividade e outros fatores atuavam sobre a população, eliminando os indivíduos que estavam menos bem adaptados ao meio. Só os indivíduos que sobrevivem podem transmitir a sua carga genética à descendência e, passado um tempo, toda a população terá no seu material genético caracteres que a beneficiam. Se o tempo for suficiente podem desenvolver-se organismos diferentes daqueles que os procedem, ocorrendo uma nova espécie.
Como referenciar: seleção natural in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-01 17:02:26]. Disponível na Internet: