Sem Remédio (Etologia dum Fraco)

Sendo o romance que inaugura a terceira fase da obra literária de Abel Botelho, depois de Mulheres da Beira e fora da série Patologia Social, não deixa de comungar dos mesmos propósitos de descrição das patologias morais e sexuais da sociedade portuguesa que norteiam os seus predecessores. Abel Botelho coloca em cena um oficial do exército que, apesar de noivo da filha de um oficial de Lamego, estabelece uma ligação com uma atriz da capital, de quem tem um filho, debatendo-se depois na indecisão entre as duas mulheres.
Como referenciar: Sem Remédio (Etologia dum Fraco) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-24 02:31:49]. Disponível na Internet: