Semana de Arte Moderna

Conjunto de iniciativas culturais que marca cronologicamente o início do Modernismo brasileiro. Os eventos decorreram de 11 a 18 de fevereiro de 1922 no Teatro Municipal de S. Paulo. Aí esteve patente uma exposição de artes plásticas e tiveram lugar três sessões, nos dias 13, 15 e 17, com conferências doutrinárias de Graça Aranha, Ronaldo de Carvalho e Menotti del Pichia. Houve também música de Heitor Villa-Lobos e Ernâni Braga.
Como referenciar: Semana de Arte Moderna in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-17 13:51:08]. Disponível na Internet: