Senemut

Arquiteto principal da rainha Hatchepsut (1473-1458 a. C.), as suas datas extremas de vida são desconhecidas. Era íntimo desta rainha, provindo do meio militar, embora tenha entrado ao serviço da corte no reinado de Tutmés II (1492-1479 a. C.), antecessor de Tutmés III (1479 – 1473 a. C.) e que antecedeu a dita rainha. Alguns egiptólogos pensam que terá sido amante de Hatchepsut, embora não passe de uma teoria sem provas, apenas se sabendo que, na proximidade da rainha, apenas desempenhou o cargo de precetor da sua filha, Neferuré. Foi o responsável pela construção do templo da rainha em Deir el-Bahri, onde se fez representar, discretamente, além de ter dirigido a colocação dos dois grandes obeliscos de Hatchepsut no templo de Amon, em Karnak. Construiu dois túmulos para si próprio, o primeiro (em 1466 a. C.) em Sheik abd el-Qurna, onde se fez representar como precetor da dita princesa. Há seis representações esculpidas de Senemut no Egito, ao lado de Neferuré. Começou um segundo túmulo mais tarde, abaixo do templo funerário de Hatchepsut, em Deir el-Bahri. Este segundo túmulo é também conhecido como “túmulo secreto”, e nunca foi terminado. O seu rosto desapareceu das representações, talvez porque tenha caído em desgraça, tendo essas alterações sido feitas na Antiguidade, talvez no reinado de seu filho Tutmés III (1479-1425 a. C.). Atingiu grande poder este arquiteto e cortesão de Hatchepsut, que terá vivido depois da sua morte, em 1458 a. C., e servido até ser deposto por Tutmés III.
Como referenciar: Senemut in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-20 00:28:51]. Disponível na Internet: