Sergei Eseni

Poeta russo, nascido em 1895 e falecido em 1925, cujas primeiras composições poéticas, imbuídas dos temas e musicalidade do folclore, evocam a vida campestre do seu país de origem.
A Revolução de outubro marca o início de uma nova etapa, na qual a sua poesia exprime a devoção, quase religiosa, às transformações do novo regime. Contudo, o descontentamento em relação aos efeitos da industrialização e, em especial, à destruição da Natureza, é evidente em obras como Transfiguração.
Viajou pelos Estados Unidos da América na companhia da esposa, a bailarina Isadora Duncan. De regresso ao país natal, a sua produção poética reflete a progressiva reconciliação com a realidade política e social russa. De entre os seus poemas, destacam-se: "Confissões de um Rebelde", "A Balada dos 26", "A Rússia Soviética" e "Ana Snegina". É considerado um dos mais populares poetas russos.
Como referenciar: Sergei Eseni in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-24 21:23:09]. Disponível na Internet: