Sérgio Vieira

Poeta e político moçambicano, Sérgio Vieira nasceu em 1941, em Tete (Moçambique).
Licenciado em Ciências Políticas, desde jovem se tornou ativista político. Durante os estudos universitários, em Lisboa, esteve estreitamente associado às atividades culturais da Casa dos Estudantes do Império (CEI) e, depois, exilado em Dar-es-Salam (Tanzânia), dirigiu o Departamento de Educação e Cultura da FRELIMO. Após a independência do seu país, exerceu o cargo de Governador do Banco de Moçambique e o de Ministro da Administração Interna.
Quanto à sua atividade literária, colaborou em alguns jornais e revistas, como o Jornal de Angola e a Mensagem (CEI), publicou Também Memória do Povo (1983) e está incluído em várias antologias de poesia, tal como Poetas Moçambicanos (1962), Breve Antologia da Poesia de Moçambique (1967), Poesia de Combate (1977), No Ritmo dos Tantãs (1991).
Como referenciar: Sérgio Vieira in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-18 22:25:00]. Disponível na Internet: