serosa

Serosa ou membranas serosas são membranas húmidas que se encontram encerradas nas cavidades do corpo. Cada serosa é constituída por uma camada parietal que reveste a parede da cavidade e se dobra na camada visceral que cobre as superfícies exteriores dos órgãos que se encontram na cavidade. Cada uma destas camadas é constituída por um epitélio escamoso simples, apoiado num muito fino tecido conjuntivo. As células da serosa segregam fluido seroso, claro e muito pouco espesso, que lubrifica as superfícies das camadas visceral e parietal, de maneira que estas deslizam uma sobre a outra facilmente. Este facto permite a redução da fricção dos órgãos entre si e com as paredes da cavidade do corpo.
As serosas são denominadas de acordo com o local e os órgãos especificamente associados. Por exemplo, a serosa que cobre a cavidade torácica e os pulmões denomina-se pleura, a que envolve o coração denomina-se pericárdio e as que cobrem as vísceras denominam-se peritoneu.
Como referenciar: Porto Editora – serosa na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-01-23 00:59:12]. Disponível em