Sex Pistols

Considerados o maior símbolo do movimento punk inglês de meados dos anos 70, os Sex Pistols surgiram em Londres, Inglaterra, no verão de 1975. O grupo foi fundado por Steve Jones (n. 03/05/55, Londres, Inglaterra), Paul Cook (n. 20/07/56, Londres, Inglaterra), Glen Matlock (n. 27/08/56, Londres, Inglaterra) e Johnny Rotten (n. 31/01/56, Londres, Inglaterra), de nome verdadeiro John Lydon.
Começaram por fazer uma série de espetáculos em Londres, arrastando uma multidão de jovens de cabelo espetado, roupas rasgadas e alfinetes de segurança. Os seus concertos tornaram-se sinónimo de violência, desencadeando reações de protesto por parte de vários quadrantes da sociedade.
Numa atitude marcadamente provocadora, lançaram em 1976 o seu primeiro single intitulado "Anarchy In The U.K", que haveria de tornar-se num dos seus maiores hinos. Em fevereiro de 1977, Glenn Matlock foi substituído por Sid Vicious (n. 10/05/57, Londres, m. 02/02/79), de nome verdadeiro John Simon Ritchie. Nesse mesmo ano surgiram os singles "God Save The Queen", "Pretty Vacant" e "Holidays In The Sun". O álbum de estreia, polemicamente intitulado Never Mind The Bollocks - Here's The Sex Pistols (1977), atingiu o primeiro lugar nas tabelas de vendas do Reino Unido, sendo considerado por muitos um marco na música rock.
Em 1978 o grupo iniciou a sua desagregação com a saída de Johnny Rotten (formou os P.I.L.). Sid Vicious, que agravava o seu envolvimento nas drogas, assumiu a função de vocalista principal. A banda gravou ainda as versões de "My Way" e "C'mon Everybody", e os originais "Something Else", "Silly Thing" e "No One Is Innocent", este último com Ronnie Briggs na voz.
Em 1979 surgiu o filme retrospetiva da história do grupo, The Great Rock'n'Roll Swindle, e o respetivo disco com o mesmo nome.
Antes da completa desintegração do grupo, Vicious gravou uma versão de "C'mon Everybody" de Eddie Cochran.
A 2 de fevereiro de 1979, Sid Vicious foi encontrado morto devido a dose excessiva de droga.
Em 1980 foi editada a compilação Flogging A Dead Horse.
Em 1996 os membros fundadores do grupo decidiram reunir-se para uma digressão, registada no disco Filthy Lucre Live (1996).
Apesar de uma longevidade muito curta, um trajeto que durou apenas dois anos, os Sex Pistols foram capazes de atingir um lugar de destaque no meio punk, alargando esse tipo de sonoridade a outros públicos. A tragédia que vitimou Sid Vicious tornou-o no maior ícone do universo punk, criando um mito improvável em torno dos Sex Pistols. Esse mito pode ser revisto no documentário The Filth & The Fury, de Julien Temple.
Como referenciar: Sex Pistols in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-22 03:06:21]. Disponível na Internet: