silicato

Mineral caracterizado por um motivo tetraédrico que contém um átomo de silício tetravalente no seu centro e um átomo de oxigénio em cada vértice do tetraedro SiO4. Estes tetraedros ligam-se entre eles por iões positivos ou por átomos de oxigénio. Segundo a disposição dos tetraedros, distinguem-se seis famílias de silicatos: nesossilicatos, sorossilicatos, ciclossilicatos, inossilicatos, filossilicatos e tectossilicatos.
Os nesossilicatos são constituídos por tetraedros de SiO4 unidos por iões de magnésio ou ferro (por exemplo olivina, granada).
Os sorossilicatos são constituídos por dois tetraedros de SiO4 com um oxigénio comum. Os ciclossilicatos são constituídos por anéis de três, quatro ou seis tetraedros de SiO4 (por exemplo turmalina, berilo).
Os inossilicatos são formados por cadeias de tetraedros de SiO4 lineares (piroxenas) ou duplos (anfíbolas).
Nos filossilicatos cada tetraedro de SiO4 encontra-se ligado a três tetraedros vizinhos, formando lâminas de rede hexagonal (por exemplo talco, minerais das argilas).
Nos tectossilicatos cada tetraedro de SiO4 está ligado aos outros quatro, formando redes tridimensionais (por exemplo quartzo). Nalguns tecnossilicatos, o silício é substituído por alumínio (por exemplo nos feldspatos).
O grupo dos silicatos é muito importante, porque engloba um grande número de minerais, particularmente quase todos os que formam as rochas magmáticas e metamórficas.
Um silicato é também a designação atribuída a qualquer sal ou éster do ácido ortossilícico (H4SiO4). Muito difundidos na Natureza, os silicatos constituem cerca de 25% de todos os minerais. A crusta terrestre (até 16 km de profundidade) é constituída por cerca de 0,5% de quartzo e silicatos.
Do ponto de vista técnico são silicatos importantes o vidro, a porcelana, o esmalte, o vidro solúvel, a argila, o asbeto, o cimento e outros.
Os silicatos podem apresentar-se como dispersão grosseira (por exemplo minerais e vidro), coloidal (por exemplo as argilas) ou molecular (por exemplo soluções alcalinas). A estrutura dos silicatos foi estabelecida com grande exatidão graças à análise de raios X.
A estrutura cristalina determina as propriedades físicas e químicas dos silicatos.
Como referenciar: silicato in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-22 04:18:00]. Disponível na Internet: