Simón Bolívar

General e político venezuelano, nascido em 1783, em Caracas, e falecido em 1830, foi o principal protagonista das lutas pela independência das colónias espanholas na América do Sul. Filho de uma família abastada, estudou na Europa e regressou em 1807 à Venezuela. Detentor de um pensamento revolucionário e de génio político-militar, não acreditava na democracia na América do Sul devido à imaturidade das populações, mas defendeu a abolição da escravatura e mostrou-se favorável a uma união dos povos. Combateu o exército colonial espanhol, com o apoio do Reino Unido, em várias rebeliões, libertando a Venezuela em 1821, a Colômbia e o Equador em 1822, o Peru em 1824 e a Bolívia em 1825. Em 1826, ainda munido dum espírito unificador para a América Latina, convocou o Congresso do Panamá, mas os seus planos sofreram um revés ao ser acusado de tentar dominar, pela força, a região. Ficou conhecido como "o Libertador".
Como referenciar: Porto Editora – Simón Bolívar na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-06-16 08:46:37]. Disponível em