síndrome comocional

Esta síndrome é também conhecido como neurose de combate.
Esta expressão designa qualquer das diversas formas de perturbação mental que afeta soldados expostos a explosões violentas ou a um stress tremendo. Foi inicialmente diagnosticado durante a Primeira Guerra Mundial. No início pensou-se que era uma simples reação física à situação de guerra, mas mais tarde descobriu-se que sintomas como confusão mental ou medo eram de origem neurótica. A maioria dos soldados regressava à sua vida normal depois de um período de descanso longe da linha da frente, mas alguns nunca recuperavam completamente e manifestavam particularidades na forma de andar, na perda da voz de origem histérica ou perda da vista, paralisia dos membros, etc. Sabe-se que esta síndrome tem uma relação com a personalidade do sujeito e assim a sua acentuação é influenciada pela personalidade do indivíduo prévia à situação de guerra.
Como referenciar: Porto Editora – síndrome comocional na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-07-27 06:02:34]. Disponível em