sismómetro

Um sismómetro consiste no sensor básico dos instrumentos sismográficos de que o sismógrafo e o sismoscópio fazem parte.
Os sismómetros podem ser classificados em dois grandes tipos: os sismómetros inerciais e os sismómetros de extensão ou também designados por extensómetros ou extensímetros.
No que diz respeito ao primeiro tipo, estes geram um sinal que é proporcional ao movimento relativo entre um ponto de referência acoplado ao solo e uma massa inercial interna. Relativamente ao segundo tipo, estes geram um sinal que é proporcional à variação da distância entre dois pontos. Estes sistemas são capazes de fornecer uma mediada contínua e precisa da distância entre dois pontos colocados a distâncias que variam entre algumas dezenas de centímetros até várias centenas de metros.
Existe ainda outro sismómetro de extensão, denominado inclinómetro, que serve para medir variações na elevação do nível de uma superfície líquida. Estes sismómetros são utilizados sobretudo na monitorização a longo prazo da deformação da superfície terrestre para estudos de prevenção de sismos e erupções vulcânicas.

Como referenciar: sismómetro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-01-17 01:26:11]. Disponível na Internet: