sobressaturação (química)

A sobressaturação é um estado metastável que as soluções possuem e que se verifica quando estas contêm uma maior quantidade de soluto do que a que permite a sua solubilidade à temperatura considerada.
O referido estado, que se destrói de forma brusca, apresenta como resultado uma solução saturada, provocando a precipitação do soluto restante.
Quando um soluto é dissolvido progressivamente num solvente, a tendência de dissolução das suas moléculas vai diminuindo gradualmente até atingir um grau de saturação. Se a massa de soluto dissolvido permanecer constante por mais que se adicione soluto, a solução diz-se saturada. A massa de soluto que pode ser dissolvida num determinado solvente a uma determinada temperatura para produzir uma solução saturada é denominada solubilidade do composto em estudo. A solubilidade varia de soluto para soluto bem como de solvente para solvente. Deste modo, podem-se ter compostos muito solúveis, ligeiramente solúveis ou insolúveis num determinado solvente e a uma determinada temperatura.
Se uma solução contém maior quantidade de soluto que a permitida, a uma determinada temperatura e pressão, diz-se que a solução é sobressaturada. Neste caso, uma simples agitação pode provocar a precipitação do excesso de soluto.
No caso de gases e vapores, a sobressaturação é o estado atingido por estes quando, ao arrefecer rapidamente, não chegam a condensar, isto é, o estado de qualquer vapor cuja pressão exceda aquela a que normalmente ocorre a condensação.
A passagem deste estado a outro de agregação estável pode realizar-se por meio de agitação ou da adição dos denominados germes, pequenos corpos que desencadeiam a solidificação ou condensação.
Durante a sobressaturação do ar o vapor de água nele contido conduz à formação de nevoeiro, nuvens e precipitação.

Como referenciar: sobressaturação (química) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-24 00:54:34]. Disponível na Internet: