Soren Sorensen

Soren Peter Lauritz Sorensen, bioquímico dinamarquês, nasceu em Havrebjerg a 9 de janeiro de 1868 e faleceu em Copenhaga a 12 de fevereiro de 1939.
Realizou trabalhos sobre enzimas e proteínas e, em 1909, introduziu o conceito de pH para exprimir a concentração de iões de hidrogénio. Sorensen começou a estudar Medicina na Universidade de Copenhaga, mudando-se posteriormente para Química. Formou-se em 1881, tendo, a partir daí, e até 1899, ano em que se doutorou, trabalhado no estudo da síntese inorgânica na Universidade Técnica da Dinamarca em Copenhaga. Começou a colaborar com o Laboratório Carlsberg em Copenhaga, associado à cerveja Carlsberg. Após a morte do Professor J. Kjeldahl (1849-1900), Sorensen é convidado para diretor do Laboratório. Aí realiza diversas experiências em bioquímica relacionadas com aminoácidos, proteínas e enzimas, conduzindo-o à descoberta da medição do pH. A escala de pH rapidamente foi aceite pela comunidade bioquímica. Em 1914, a química alemã Leonor Michaelis (1875-1949) publicou um livro relacionado com o assunto. O uso da escala de pH tornou-se praticamente indispensável e em 1935 foi desenvolvido e comercializado por Arnold Beckman o primeiro medidor portátil de pH.
As letras pH são a abreviatura de pondus hydrogenii traduzido como potencial de hidrogénio.
Em 1938 Sorensen retirou-se do Laboratório Carlsberg, tendo falecido em 1939.
Como referenciar: Soren Sorensen in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-19 13:50:05]. Disponível na Internet: