SSC Nápoles

Clube de futebol italiano, o Società Sportiva Cálcio Nápoles foi fundado em 1896, mas durante muitos anos não passou de uma equipa mediana.
Apenas em 1962 o Nápoles conquistou o primeiro título do seu historial, tendo nesse ano vencido a Taça de Itália. Repetiu o feito em 1976, depois de na temporada anterior ter sido vice-campeão de Itália. Em 1980/81 voltou a conseguir um lugar de destaque ao ficar no terceiro lugar do campeonato transalpino.
Tudo mudou no Nápoles quando o presidente Corrado Ferlaino, em funções desde 1969, contratou em 1984 ao Barcelona o argentino Diego Maradona, considerado na altura o melhor jogador do mundo.
Com a equipa treinada por Ottavio Bianchi, em 1986/87 o Nápoles conquistou o seu primeiro título nacional de sempre, tendo na frente de ataque a tripla Maradona, Giordano e Carnevale, a quem chamavam "Ma-Gi-Ca". Ainda nessa temporada, o Nápoles venceu pela terceira vez a Taça de Itália.
Na época seguinte, Maradona sagrou-se o melhor marcador do campeonato italiano com 15 golos, depois da equipa já ter sido reforçada com o avançado brasileiro Careca.
Em 1989/90, com Maradona e Careca acompanhados por mais um brasileiro, Alemão, levaram o clube a conquistar mais um campeonato de Itália. Ainda nessa época, o Nápoles conquistou o seu único troféu europeu a nível de clubes, ao ganhar a Taça UEFA. Contra os alemães do Estugarda, na final, a duas mãos, empatou 3-3 e ganhou por 2-1, com este último jogo a ser disputado na Alemanha. Maradona e Careca marcaram os dois golos do triunfo. Na altura, a formação já era orientada por Albertino Bigon.
O período áureo de Maradona e do Nápoles acabou em março de 1991. Num jogo disputado contra o Bari, o futebolista argentino acusou consumo de cocaína num controlo anti-doping. Nunca mais representou o clube, que pouco tempo depois desceu à segunda divisão italiana.
No final da década de 90, o Nápoles regressou à primeira divisão, mas em 2000/2001 acabou por descer novamente ao escalão secundário. Na equipa jogava o internacional português Jorge Vidigal, contratado ao Sporting, que abandonou o clube, onde foi regularmente titular, em 2004.
Em agosto de 2004 foi declarada a bancarrota do Nápoles. O clube, que passou a alinhar na terceira divisão, mudou de nome para Nápoles Soccer. Em 2005/06 ganhou o campeonato da terceira divisão.
Como referenciar: Porto Editora – SSC Nápoles na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-25 17:24:27]. Disponível em