Stephen Daldry

Realizador, produtor e encenador inglês, Stephen David Daldry nasceu em 2 de maio de 1961, em Dorset. Filho de um gerente bancário e de uma cantora, estudou na Universidade de Sheffield e, terminado o curso, estagiou no Crucible Theatre, de 1985 a 1988. Foi diretor artístico no Gate Theatre, em Londres, de 1989 a 1992, e no Royal Court Theatre, de 1992 a 1998.
Enquanto encenador, são da sua autoria peças como An Inspetor Calls (exibida no Royal National Theatre e na Broadway, e vencedora de um Tony Award e de um Laurence Olivier Award, na categoria de Melhor Direção Artística), Machinal ou Billy Elliot, the Musical.
Daldry estreou-se no cinema, em 2000, com o filme Billy Elliot que ganhou mais de 40 prémios em todo o mundo e que lhe valeu a nomeação para 3 óscares da Academia, incluindo o de Melhor Realizador. Em 2002, realizou As Horas, baseado no livro com o mesmo nome de Michael Cunnigham, também vencedor de inúmeros prémios, entre os quais o óscar de Melhor Atriz atribuído a Nicole Kidman.
Em 2008, Daldry realizou o filme O Leitor, baseado no livro homónimo escrito pelo alemão Bernhard Schlink. Participam no filme Kate Winslet (que venceu o óscar de Melhor Atriz), Ralph Fiennes e David Kross.
No filme é-nos contada a história de Michael Berg, um adolescente, que, na Alemanha do pós-2.ª Guerra Mundial, adoece e é ajudado por uma estranha com mais do dobro da sua idade. Ao longo do filme assiste-se ao aprofundamento da relação entre ambos, ao afastamento e ao reencontro vários anos depois. O filme aborda temas como a vergonha, a verdade e a reconciliação.
Daldry também viu reconhecido o seu talento no cinema: recebeu um Prémio Bafta, na categoria de Melhor Filme Britânico, por Billy Elliot , e um Vancouver Film Critics Circle Award, na categoria de Melhor Realizador, com As Horas.
Como referenciar: Stephen Daldry in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-12 06:51:09]. Disponível na Internet: