Stig Blomqvist

Piloto de automóveis sueco nascido a 29 de janeiro de 1946, em Orebro, na Suécia.
Aos doze anos começou a fazer de copiloto para o seu pai e quando obteve licença de competição, aos 18 anos, era já tão experiente com um piloto profissional. Com essa idade, em 1964, fez o seu primeiro rali oficial ao volante de um Saab 96. Nos anos seguintes, participou no campeonato sueco de ralis e obteve vários êxitos. Paralelamente, era instrutor numa escola de condução.
Em 1969, foi contratado como piloto pela marca sueca Saab. Depois de uma fase de adaptação a um novo tipo de carros, Blomqvist viveu em 1971 o seu primeiro grande ano. A nível de Mundial de Ralis, ganhou o Rali da Suécia e dos Mil Lagos, na Finlândia, que até aí era quase sempre dominado por pilotos finlandeses. Ainda em 1971, triunfou no RAC, o Rali de Inglaterra. A correr pela Saab, Blomqvist ainda venceu por mais quatro vezes o Rali da Suécia (1972, 1973, 1977 e 1979). No entanto, em finais da década de 70, os sucessos da Saab eram cada vez mais escassos, o que levou a marca sueca a desistir dos ralis em 1980.
Blomqvist passou então a representar os franceses da Talbot, mas rapidamente se mudou para a Audi, que na altura dispunha do competitivo modelo Quattro. Tornou-se fundamental para a equipa pelas características especiais da sua condução. Em 1982, venceu o Rali da Suécia e o Rali de San Remo (Itália), ajudando a Audi a sagrar-se campeã do mundo de marcas.
Em 1983, continuou a ser um piloto muito rápido, mas foi prejudicado por problemas de fiabilidade da Audi. No ano seguinte (1984), esses problemas foram resolvidos, o que possibilitou a Stig Blomqvist ganhar o Mundial de Ralis. Com o seu Audi Quattro ganhou os ralis da Suécia, da Acrópole (Grécia), da Nova Zelândia, da Argentina e da Costa do Marfim. No ano seguinte, manteve-se na Audi, mas sem conseguir vencer nenhum rali.
Até 1996, manteve presença regular no Mundial de Ralis, tendo corrido por marcas como a Ford, a Nissan, a Peugeot, a Volkswagen e a Skoda. No entanto, nunca mais voltou a vencer nenhuma prova.
Paralelamente, fez algumas experiências em provas de todo-o-terreno, nomeadamente no Rali Paris-Dakar.
Como referenciar: Stig Blomqvist in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-20 08:17:40]. Disponível na Internet: