Stockard Channing

Atriz norte-americana, Susan Williams Antonia Stockard Channing Schmidt nasceu a 13 de fevereiro de 1944 em Nova Iorque. Começou a interessar-se pela representação enquanto frequentava o liceu, tendo-se juntado à experimental Companhia Teatral de Boston em medos dos anos 60, que lhe deu a sua primeira experiência profissional no teatro com a peça The Investigation (1966). Após alguns papéis off-Broadway, estreou-se na Broadway em 1971 com Two Gentleman of Verona, no mesmo ano em que se estreou no cinema com um pequeno papel em The Hospital (O Hospital).
Em 1973, destacou-se no seu papel de estreia televisiva: uma mulher obesa que emagrece e depois se vinga daqueles que a hostilizaram, no telefilme The Girl Most Likely To... Dois anos depois, obteve o seu primeiro papel de destaque no cinema em The Fortune (Uma Fortuna Por Água Abaixo), de Mike Nichols, contracenando com Jack Nicholson e Warren Beatty. Contudo, só em 1978 obteve um papel de sucesso - a dura Rizzo - com o filme musical Grease (Brilhantina). Fez depois duas sitcoms de pouco sucesso - Stockard Channing in Just Friends (1979) e The Stockard Channing Show (1980) - e na sequência foi aconselhada pelo seu agente a deixar Hollywood e a centrar-se no trabalho teatral em Nova Iorque. Assim fez e obteve sucesso. Interpretou na Broadway a peça They're Playing Our Song (1980-1981) e obteve depois um aclamado papel em A Day in the Life of Joe Egg (1982), que lhe deu o Tony de Melhor Atriz em 1985. Seguiram-se as peças The House of Blue Leaves (1986) e Six Degrees of Separation (1990), de John Guare, na última das quais com uma interpretação largamente elogiada como Ouisa Kittredge, papel que lhe traria uma nomeação para o Óscar de Melhor Atriz quando o interpretou na versão cinematográfica (Seis Graus de Separação, 1993) realizada por Fred Schepisi. Pelo meio, obteve várias nomeações para os Emmys por interpretações na TV.
No cinema, participou seguidamente em filmes como To Wong Foo, Thanks for Everything, Julie Newmar (Os Três Mosqueteiros do Amor, 1995); Smoke (Fumo, 1995), com Harvey Keitel; Moll Flanders (1996); Practical Magic (Magia e Sedução, 1998), com Nicole Kidman e Sandra Bullock; Twilight (A Hora Mágica, 1998), com Paul Newman; Life or Something Like It (Sete Dias e Uma Vida, 2002), com Angelina Jolie; Le Divorce (O Divórcio, 2003), de James Ivory; ou Anything Else (A Vida e Tudo Mais, 2003), de Woody Allen.
Em 1999, juntou-se ao elenco da multipremiada série de TV The West Wing (Os Homens do Presidente), interpretando o papel de Primeira Dama, pelo qual obteve diversas nomeações para o Emmy de Melhor Atriz Secundária em Série Dramática, prémio que acabou por vencer em 2002.
Como referenciar: Stockard Channing in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-19 04:48:48]. Disponível na Internet: