subconsciente

A noção de subconsciente surgiu com os estudos realizados pelo psicólogo clínico francês Pierre Janet e, posteriormente, foi comprovado pelo psicanalista austríaco Sigmund Freud que na sua primeira descrição do nosso aparelho psíquico apresenta três instâncias (níveis): o inconsciente, o subconsciente e o consciente.
O subconsciente, também conhecido por pré-consciente, é uma zona intermédia entre as outras duas instâncias do nosso psiquismo, por onde passa todo o material recalcado (não aceite pela nossa consciência). Portanto, não é uma zona onde os processos que ocorrem são totalmente conscientes, mas sim que podem ser trazidos à consciência. Ele é todo o material acessível à consciência e que representa, portanto, parte da nossa vida psíquica (por exemplo, certas recordações que voltam à consciência com apenas um pequeno esforço para as recordar; "tenho debaixo da língua" é uma expressão que habitualmente se usa e que é exemplo disso).
É no subconsciente que se desenrolam as operações da memória e que se encontra a grande maioria das nossas recordações e vestígios do adquirido através do meio ambiente (por exemplo, as recordações de tudo o que se passou numa viagem de férias).
Como referenciar: subconsciente in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-04-19 22:53:20]. Disponível na Internet: