subcontinente indiano

O subcontinente indiano compreende os atuais territórios políticos da Índia, Paquistão, Sri Lanka e do Nepal. Este território é limitado a norte, nordeste e noroeste pelos Himalaias e outras grandes cadeias montanhosas. Do lado de cá da barreira montanhosa, o subcontinente divide-se em duas grandes regiões: o planalto do Decão, que é formado por algumas das mais antigas rochas conhecidas à superfície do Globo, e pelas planícies do Indo e do Ganges.
Uma boa parte do subcontinente indiano está situada nos trópicos. Devido à barreira montanhosa que protege as planícies baixas do Norte, as temperaturas de verão são por vezes elevadas.
A posição geográfica de Índia, península vulnerável, explica as invasões sucessivas que marcaram a sua História. No entanto, os diferentes grupos colonizadores, que vinham de noroeste, estabeleceram-se neste território, tendo sido absorvidos pela população indiana. Pátria de uma das grandes civilizações do Mundo, de um passado espiritual multimilenar rico, a Índia deve ao seu pensamento religioso e metafísico um renome universal.
O budismo expandiu-se rapidamente através da Índia, deixando uma multitude de monumentos que testemunham a sua irradiação. O desenvolvimento das seitas hindus ao longo dos primeiros séculos da nossa era marca provavelmente uma reação dos brâmanes perante o sucesso do budismo.
Como referenciar: subcontinente indiano in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-18 22:02:54]. Disponível na Internet: