tábua astronómica

A tábua astronómica consiste na publicação que contém um catálogo ou lista dos movimentos e posições de um certo número de astros, referidos a um sistema de coordenadas adequado e para períodos de tempo determinados. Pode conter somente elementos relativos a um ou vários corpos celestes mais importantes (Sol, planetas, satélites, etc.). Existem algumas tábuas que contêm informações sobre determinados fenómenos astronómicos (eclipses, ocultações, etc.) e incluem dados para a sua observação (almanaque náutico, efemérides astronómicas). Entre as tábuas mais famosas, salientam-se as elaboradas por S. Newcomb (1895) para o Sol e os planetas Marte, Júpiter, Saturno e Urano; as de Demoiseau (1824), as de P. A. Hausen (1857) e as de Brown (1918), para a Lua. Estas últimas foram utilizadas até 1983 e serviram de base para a elaboração das publicadas pelo JPL (Jet Propulsion Laboratory), em vigor a partir de janeiro de 1984.
Como referenciar: Porto Editora – tábua astronómica na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-01 11:45:38]. Disponível em