Tarik

Tárique ou Tarik Ibn Ziyad, foi um general muçulmano, liberto berbere do governador do Magrebe, Muça Ibn Nasser. À frente de um exército composto essencialmente de berberes, atravessou o Estreito de Gibraltar (a que deu o seu nome - Djebel, monte, al Tariq), e enfrentou o rei visigodo Rodrigo, acompanhado da mais alta nobreza visigoda, com as suas clientelas armadas, derrotando-os na batalha de Guadalete (19 de julho de 711). A batalha, em que o rei visigodo acabou por desaparecer, marcou o fim da monarquia visigoda em Espanha e o início da conquista islâmica. A conjuntura de guerra civil no Reino visigodo, com focos de rebelião provocados pela sucessão régia e luta pelo poder, facilitou a ação de Tarik, que logo se dirigiu a Córdova e depois Toledo, a capital do reino, que tomou em outubro de 711. Com o apoio do exército de Muça, efetuou, em poucos anos, a conquista de quase toda a Península Ibérica, apenas não conseguindo tomar as Astúrias e certas zonas bascas e dos Pirenéus.
Como referenciar: Porto Editora – Tarik na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-20 10:34:03]. Disponível em