Teodorico

Antipapa italiano, cardeal bispo de Albano, foi eleito e consagrado sumo pontífice de Roma pelos clérigos do séquito de Guiberto de Ravena, em 1100. Esta consagração foi feita à revelia do então papa Pascoal II, pelo que Teodorico se tornou um antipapa. Este foi eleito por membros da Igreja que não eram a favor da condenação das investiduras laicas, preconizada por Pascoal II.
Contudo, Teodorico foi feito prisioneiro, julgado e condenado ao encarceramento vitalício no mosteiro da Santa Trindade (Salerno), quando o papa entrou em Roma acompanhado pelas milícias normandas.
Como referenciar: Teodorico in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-25 03:40:29]. Disponível na Internet: