teoria das orbitais moleculares

Uma orbital molecular consiste na solução da equação de Schrodinger para moléculas. Estas soluções já não se podem resolver de maneira exata, pelo que é preciso recorrer-se a métodos aproximados, tomando de novo como base as orbitais atómicas do átomo de hidrogénio.
De todos os métodos de aproximação utilizados na teoria das orbitais moleculares, os mais importantes são o método da ligação de equivalência, segundo o qual as orbitais moleculares se formam através da união de duas orbitais atómicas, e o da combinação linear de orbitais atómicas, para o qual todas as orbitais de todos os átomos intervêm na formação da orbital molecular, sendo esta uma combinação linear da sua totalidade.
As orbitais moleculares classificam-se em orbitais sigma e orbitais pi, consoante tenham uma simetria cilíndrica ou binária.
Como referenciar: teoria das orbitais moleculares in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-24 03:21:05]. Disponível na Internet: