terraço

Terraços são superfícies relativamente planas, geralmente estreitas e alongadas, horizontais ou com pequeno declive, limitadas por flancos escarpados.
Os principais tipos de terraços podem classificar-se da seguinte maneira:
- Terraços de vale ou fluviais - Quando a capacidade de uma corrente de água aumenta ao longo do tempo (por exemplo, por uma mudança de clima) ou quando o seu nível de base baixa (devido a uma mudança global do nível do mar ou devido a movimentos tectónicos), geralmente aumenta a erosão no canal que constitui o leito da corrente. As margens iniciais da corrente ficam a um nível mais alto, formando uns pequenos declives conhecidos como terraços fluviais ou de vale; - Terraços glaciais - Os cursos de água de fusão do gelo construíram deltas nos lagos marginais. Uma vez desaparecidos o gelo e o lago, os deltas ficaram elevados com formas que se caracterizam pela sua horizontalidade e estão na base dos terraços glaciários. A escavação pode ter sido causada pelo glaciar e pelos detritos que formaram as moreias;
- Terraços marinhos - O desenvolvimento de uma orla marinha é algumas vezes interrompido por um súbito levantamento da costa originando uma praia levantada. Tanto a plataforma de abrasão como o alcantilado marinho ficam abruptamente elevados acima do nível de atuação das ondas e a antiga plataforma de abrasão transforma-se num terraço marinho.
As mudanças eustáticas que ocorreram ao longo do tempo geológico deixaram as suas marcas nos bancos cortados pelas ondas, situados tanto acima como abaixo do nível do mar. Como estas alterações eustáticas do nível do mar se registaram em todo o planeta, a completa interpretação dos múltiplos terraços marinhos é um problema muito complexo.
Como referenciar: terraço in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-06 07:03:45]. Disponível na Internet: