The Animals

Banda rock inglesa, formada em Newcastle por Alan Price (piano), John Steel (bateria), Bryan Chandler (voz) e Hilton Valentine (guitarra). Os Animals surgiram em meados da década de 60 do século XX, das cinzas de uma banda chamada Kansas City Five. De facto, Alan Price abandonou os Kansas City Five para se juntar aos Kontours, chamando mais tarde para a sua companhia os restantes membros, aos quais se juntou Hilton Valentine. Decidiram mudar o nome para The Animals e editaram um EP de estreia, homónimo, ao qual se seguiram os primeiros concertos em bares, que resultaram na assinatura de um contrato discográfico com a editora Columbia Records. O primeiro single, "Baby Let Me Take You Home", foi editado em 1964, ano em que chegou também o álbum de estreia da banda, The Animals. Uma série de singles de sucesso, como "Don't Let Be Misunderstood" e "We've Gotta Get Out of This Place", antecedeu a chegada do novo álbum, em 1965, Animal Tracks.
Alan Price abandonou a formação da banda em 1965, supostamente devido ao medo de andar de avião, e Dave Rowberry entrou para o seu lugar.
O descontentamento instalou-se no grupo que, a partir de então, seguiu um rumo diferente relativamente ao tipo de canções tocadas. Um género mais comercial foi a opção tomada pelo empresário Mickie Most, que desagradou aos elementos dos The Animals, pois sentiam que estava a dar ao público uma imagem errada da banda. A mudança de empresário e de editora foi o passo seguinte e o novo álbum de originais, Animalisms, o último editado com a formação original dos The Animals, chegou ao mercado em 1966, ano em que Steel deixou o grupo, sendo substituído por Barry Jenkins. Pouco depois, foi a vez de Chandler e Valentine lhe seguirem o exemplo. Em 1968 a banda colocou um ponto final na sua carreira.
No entanto, em 1976, Burdon deu uma nova vida ao grupo, que batizou como Eric Burdon and the New Animals que, nesse ano, com a formação original reunida, editou Before We Were So Rudely, aclamado pela crítica, mas ignorado pelo público. Em 1983, seguiu-se Ark, mais um trabalho de originais muito bem recebido pela crítica, com direito a apresentação mundial, sendo que, no final da digressão, a banda se separou novamente.
Como referenciar: The Animals in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-23 21:19:23]. Disponível na Internet: