Tom Petty

Cantor norte-americano, Tom Petty nasceu a 20 de outubro de 1950, na Florida, e faleceu a 2 de outubro de 2017, em Los Angeles, Califónia.

Aos 17 anos, deixou de estudar para se dedicar a tempo inteiro aos Mudcrutch, grupo que integrou juntamente com Mike Campbell e Benmont Tench. Em 1970, mudou-se para Los Angeles, com o resto da banda, em busca de um contrato com uma editora. A Shelter, subsidiária da ABC Records, apostou na banda, que pouco tempo depois acabou por se desmantelar, e o contrato foi cumprido por Tom Petty & The Heartbreakers, a banda com que Petty começou a tocar após a separação do seu primeiro projeto.

O álbum homónimo foi editado em 1976 e se, ao princípio, passou despercebido, quando a banda fez o concerto de abertura de Nils Lofgren, as vendas começaram a aumentar. Num espaço de poucos meses, a banda passou a dar concertos em nome próprio no Reino Unido e o álbum entrou para o top dos 30 mais vendidos, graças aos singles "Breakdown" e "American Girl".

No ano seguinte, editaram "Damn the Torpedoes". O disco reuniu a aclamação da crítica e do público, cujos singles "Don't do me Like That" e "Refugee" conquistaram as tabelas de vendas e colocaram o álbum na segunda posição das tabelas norte-americanas durante sete semanas.

Os problemas com a editora surgiram quando a mesma quis estabelecer um preço de venda de Hard Promises (1979) demasiado elevado na altura, que Petty recusou ameaçando não autorizar o lançamento do álbum por aquela editora e organizando um protesto levado a cabo pelos fãs, que resultou na diminuição de um dólar no preço de venda do disco.

Ainda durante esse ano, Petty realizou algumas atividades paralelas ao seu projeto conjunto com os Heartbreakers - produziu o álbum Drop Down and Get Me, de Del Shannon, e escreveu o tema "Stop Draggin' my Heart Around", que interpretou em dueto com Stevie Nicks.

Após a edição de Long After Dark (1982), o terceiro álbum consecutivo da banda a figurar entre os 10 mais vendidos, o baixista Ron Blair abandonou os seus colegas de estrada e foi substituído por Howie Epstein.

Southern Accents, cuja produção ficou a cargo de Dave Stewart, dos Eurythmics, foi editado em 1985, e tentou uma aproximação a sons nunca antes praticados por Petty & The Heartbreakers, caso da soul e new wave. O saldo foi positivo, no entanto, as gravações nem sempre correram da melhor maneira, registando-se vários conflitos no seio da banda.

O ano seguinte foi passado na estrada em digressão com Bob Dylan, que participou no tema "Jammin' Me", dos Heartbreakers, posteriormente incluído no álbum de 1987, Let me up (I've had Enough).

Os Travelling Wilburys foram o projeto seguinte de Petty, que contou também com a participação de Roy Orbison, Jeff Lynne, Bob Dylan e George Harrison. O álbum de estreia saiu no fim de 1988 e, um ano mais tarde, Petty estreou-se a solo com Full Moon Fever, um disco que produziu o single "Free Falling" e que conquistou o terceiro lugar nas tabelas de vendas norte-americanas, tendo chegado à tripla platina.

Em 1990, Petty participou nas gravações do segundo álbum dos Travelling Wilburys e, no ano seguinte, reuniu os Heartbreakers para a edição de Into the Great Wide Open, que contou novamente com a produção de Lynne e reuniu a aclamação dos fãs e da crítica.

Em 1994, quando decorriam as gravações do segundo álbum de Petty a solo, o baterista Stan Lynch abandonou os Heartbreakers. Wildflowers, o sucessor de Into the Great Wide Open, foi tão bem recebido como o disco anterior, tendo inclusivamente conquistado a tripla platina.

Uma nova união de Petty & The Heartbreakers aconteceu em 1996, sob o pretexto da gravação da banda sonora para o filme de Edward Burns, She's the One, e, três anos mais tarde, foi editado o álbum Echo.

A militância de Tom Petty pela causa da luta contra o domínio das grandes editoras na indústria musical acabou por ser o tema do disco Last DJ, lançado em 2002, na companhia dos The Heartbreakers. Apesar da motivação, o disco não foi capaz de fazer passar uma mensagem forte e conseguiu performances comerciais modestas. Antes disso, havia sido lançada a coletânea Anthology: Through The Years, onde figuravam os principais êxitos de Tom Petty & The Heartbreakers.


Como referenciar: Tom Petty in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-04-18 21:54:02]. Disponível na Internet: