tório

O tório (Th) é um elemento químico metálico, radioativo, tetravalente, de cor cinzenta, pesado, mole e brilhante, que pertence ao grupo dos actínideos e localiza-se no grupo 3 e período 7 da Tabela Periódica.
Possui número atómico 90 e massa atómica 232,0381.
O metal é protegido por uma cobertura de óxido, é atacado pelo vapor e lentamente pelos ácidos e sozinho é macio e dúctil mas as ligas podem ser muito resistentes. O tório foi descoberto em 1829 em Estocolmo, Suécia, pelo químico Jons Jacob Berzelius (1779-1848).
O nome tório deriva do nome Thor que é o deus escandinavo da guerra.
Este elemento obtém-se a partir da areia de monazite.
O isótopo 232 Th (período de semidesintegração: 1,42x1010 anos) é o nuclídeo pai da família radioativa do tório, que, através de vários produtos intermédios, termina no isótopo estável do chumbo 208 Pb.
O tório é usado como componente de ligas aumentando a resistência ao fogo e ao calor dos materiais metálicos. Também se utiliza como aditivo de catalisadores mistos. Em reatores reprodutores, o tório é empregue na produção de urânio-233.

Como referenciar: tório in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-26 20:52:29]. Disponível na Internet: