Torpedinídeos

Família de animais de vida aquática marinha com esqueleto cartilagíneo do filo dos cordados, da classe dos peixes cartilagíneos ou condrictios, da ordem dos hipotrematos, que se encontra dividida por cerca de quarenta espécies. Pertencem a esta família as tremelgas.
Os torpedinídeos conhecidos por tremelgas são peixes capazes de eletrocutar as suas vítimas. As espécies Torpedo maemorata e Torpedo torpedo são duas das mais conhecidas e habitam o litoral atlântico da costa portuguesa. Encontram-se em todos os mares temperados e tropicais da Terra. Embora se tenham encontrado alguns exemplares à profundidade de novecentos metros mantêm-se geralmente próximo das costas.
Ao contrário da raia, as tremelgas não têm tendência para se agrupar e preferem viver solitárias. Alimentam-se de todo o tipo de animais marinhos. Envolvem a presa nas barbatanas peitorais e aplicam-lhe uma descarga elétrica para a atordoar. Os órgãos que geram eletricidade são muito volumosos e estão espalhados pela cabeça. As tremelgas nadam pouco e preferem manter-se imóveis no fundo, à espera da passagem das presas.
A tremelga-comum (Torpedo marmorata), também designada tremelga-marmoranda, é frequente no Mediterrâneo e Atlântico oriental desde o Mar do Norte até Angola. Têm o dorso marmorado de castanho, claro e escuro e de branco. Geralmente atinge o comprimento de cinquenta centímetros mas pode atingir o comprimento de um metro.
A espécie Torpedo torpedo, ou tropedo, ou tremelga-de-olhos, é de cor castanha escura, uniforme na face dorsal, com um a sete olhos azuis escuros ou negros, marginados de branco. Pode atingir os sessenta centímetros de comprimento.
A espécie Torpedo nobiliana, também designada tremelga-negra é toda de cor cinzenta escura ou negra e os seus espiráculos, que têm função respiratória, são conhecidos por espiráculos sem franjas.
Os órgãos elétricos situados à frente das barbatanas peitorais, de cada lado da cabeça, são constituídos por numerosas colunas (140 a 1100) ligadas por fibras conjuntivas e dispostas em forma de ninho de abelhas.
Como referenciar: Torpedinídeos in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-05 16:49:56]. Disponível na Internet: