Touro

Constelação e segundo signo do Zodíaco, é representado por um touro e incide sobre as pessoas nascidas entre 20 de abril e 20 de maio. Touro, tal como Virgem e Capricórnio, é um signo do elemento Terra e é dominado por Vénus, deusa romana da beleza, do amor e do prazer. Vénus, que na mitologia grega tem o nome de Afrodite, representa assim a alegria, a felicidade e o gosto pelo belo. Sendo este signo associado ao elemento Terra, os seus membros são práticos e relacionam-se com o mundo através da razão. Paralelamente, aprecia os doces e os luxos, o que leva à decadência. Tal como Vénus, os nativos de Touro são materialistas e gostam de possuir os objetos de que gostam, sendo grandes apreciadores de arte. O signo de Touro é o das posses e dos valores.
Segundo a mitologia grega, quando um grupo de raparigas se estava a divertir numa praia de Tiro, apareceu um touro branco que assustou todas, exceto uma. Esta era Europa, a filha do rei Agenor, que ficou a observar o touro, que na verdade era Júpiter transformado naquele animal. Europa acariciou o touro que, depois, a levou no dorso até uma praia de Creta, onde ela, sem medo, se entregou a ele.
Touro é considerado um dos signos mais fortes em termos práticos, já que os seus elementos, quando incumbidos de uma tarefa, trabalham persistentemente até que esteja realizada. Têm também tendência para concluir tarefas que os outros deixaram a meio. O gosto pelo trabalho advém também do facto de os taurinos serem ambiciosos. Os nativos de Touro são considerados leais, estáveis, conservadores e práticos, tal como pacientes, afetuosos e de boa índole. Se levados a ultrapassar os seus limites são capazes de se irritar violentamente.
Os nativos de Touro gostam da vida caseira, da estabilidade e da segurança e sentem uma forte ligação sentimental em relação às pessoas, às coisas e aos lugares, o que os pode levar a ser ciumentos e possessivos.
Apesar de fortes, tendem a escolher sempre o caminho mais seguro e estável, de modo a evitar desafios, podendo levá-los à acomodação e à inércia.
Como referenciar: Touro in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-06-05 21:05:45]. Disponível na Internet: