toxicodependência

As drogas atualmente mais utilizadas são tranquilizantes, sedativos, álcool, estimulantes e antidepressivos, tudo drogas que afetam o bem-estar. Muitas destas drogas atuam alternando os níveis dos neurotransmissores no interior do cérebro. Por exemplo, as anfetaminas implementam a produção da norepinefrina, que vai atuar direta ou indiretamente nas células nervosas cerebrais.
Muitas drogas, incluindo o álcool, são tomadas para induzir a euforia. O uso habitual de muitas destas drogas provoca dependência psicológica, pelo que o utilizador se torna física e emocionalmente dependente. Quando privado da droga, o toxidependente torna-se irritável e incapaz de desenvolver as suas atividades normais.
Algumas drogas induzem a tolerância quando são tomadas continuamente durante algumas semanas. Isto significa que é necessário aumentar muito as doses para obter os mesmos efeitos. A tolerância ocorre devido ao facto de as células do fígado serem estimuladas a produzir grandes quantidades de enzimas que metabolizam e inativam a droga. O uso de algumas drogas, tais como a heroína, o tabaco, o álcool e os barbitúricos, pode provocar o efeito de adição, de que resultam alterações fisiológicas nos corpos celulares, tornando o utilizador dependente da droga. Se o utilizador for bruscamente privado da droga, o seu organismo reage, apresentando sintomas de abstinência extremamente dolorosos. Estes sintomas podem consistir em vómitos, cãibras, insónias prolongadas, etc., por vezes muito prolongadas e até mortais. Para continuar a obter o efeito desejado, o toxicómano deve aumentar continuamente as doses. A depêndencia física do seu organismo passa a ser acompanhada por depêndencia psíquica da droga.
As drogas podem atuar nas sinapses impedindo a propagação da mensagem nervosa. Tranquilizantes como o valium interagem com os recetores. Estimulantes como a cocaína e as anfetaminas reforçam a ação da norepinefrina, quer provocando a sua secreção, quer evitando a sua reabsorção. Alucinogéneos como o LSD e a mescalina interatuam com o neurotransmissor serotinina. A lista é muito longa e o melhor conhecimento das funções da sinapse permite determinar a ação de muitas drogas.
Como referenciar: toxicodependência in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-22 04:13:14]. Disponível na Internet: