Tratado de Basileia

Basileia é um importante porto fluvial da Suíça, situado junto das margens do rio Reno. Neste local foi celebrado um concílio onde foi proclamada a supremacia dos concílios sobre o papado no final da primeira metade do século XV (1431-1449). Durante o século XVIII (1795) a França assinou aqui dois tratados: um com a Prússia e outro com a Espanha.
A Prússia, acreditando que a Rússia e a Áustria queriam dividir apenas entre as duas a Polónia, começou as negociações no outono de 1794. O primeiro Tratado de Basileia foi assinado em 5 de abril de 1795, entre o prussiano Hardenberg e o francês Barthélemy: a Prússia reconhecia a República francesa e cedia a margem esquerda do Reno à França contra compensações na margem direita deste.
A 22 de julho de 1795, a Espanha assina o segundo Tratado de Basileia, com a França a receber da Espanha a sua parte na ilha de S. Domingos (ou Hispaníola) e a negociar secretamente a libertação da filha de Luís XVI.

Como referenciar: Tratado de Basileia in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-20 22:56:21]. Disponível na Internet: