Tratado de Paris (1856)

Tratado que significa o corolário da Guerra da Crimeia, que opôs, de 1853 a 1856, a Rússia contra a Turquia, a França, a Inglaterra e a Sardenha. Foi assinado a 30 de março de 1856 no congresso de Paris, sendo garantidos os direitos do Império Otomano. A Rússia cede uma parte da Bessarábia à Moldávia, neutralizando-se a sua posição no Mar do Norte. O tratado estabelecia também a liberdade de navegação no Danúbio e assegurava uma administração à Moldávia. Este conflito assegurou o prestígio europeu do Segundo Império Francês. Pelas querelas europeias, ele significa o fim da Santa Aliança e favorece as ações bélicas da Sardenha e da Prússia.
Como referenciar: Tratado de Paris (1856) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-15 15:13:40]. Disponível na Internet: