Tricky

Cantor inglês, Adrian Thaws nasceu a 27 de janeiro de 1968, em Bristol. Tricky começou a sua carreira na banda Wild Bunch, um grupo inglês de rap, que viria a dar origem aos Massive Attack, no início dos anos 90. Era de sua responsabilidade o ritmo conferido ao seu álbum de estreia de 1992, Blue Lines. No ano seguinte, lança o seu primeiro single a solo, "Aftermath". Por essa altura, junta-se a Martina, então uma adolescente, cuja voz etérea complementava a sua e se encaixava na perfeição nas suas batidas e ritmos.
Em 1995, o álbum de estreia de Tricky, Maxinquaye, supera as expectativas e é aclamado pela crítica e pelo público, entrando nas tabelas britânicas diretamente para o segundo lugar. Inglaterra, de onde é natural, cedo ficou a conhecer o seu génio, mas demorou alguns anos até o seu nome ser conhecido nos EUA.
Depois do sucesso do primeiro álbum, colabora com diversos artistas respeitados como Björk, Neneh Cherry ou Louscious Jackson, no projeto "Nearly God", que é editado em 1996. Nesse mesmo ano, regressa com o seu segundo álbum de originais, Pre-Millenium Tension, que recebe mais uma vez críticas positivas, embora também algumas opiniões discordantes, possivelmente devido ao ambiente demasiado claustrofóbico e pesado do disco.
Em 1998 segue-se Angels With Dirty Faces onde, apesar de alargar a sua paleta sónica, continua a explorar as tendências paranoicas demonstradas no álbum anterior, merecendo destaque um dueto com PJ Harvey, no tema "Broken Homes".
Em 1999, depois da saída de Martina, chega Juxtapose, um álbum menos pesado, mais orientado para o hip-hop que os seus anteriores e que conta com a colaboração dos Dj Muggs (Cypress Hill) e Grease (DMX).
O álbum de 2001, Blowback, traz mais uma lista de convidados de luxo: Alanis Morissette, Ed Kowalczyck dos Live, e Anthony Keids e John Frusciante dos Red Hot Chili Peppers. O disco lançou definitivamente a carreira a solo de Tricky.
Em 2003, chegou às lojas o longa-duração Vulnerable, conseguindo um desempenho comercial bastante satisfatório. Ainda nesse ano, Tricky acrescentou o seu nome à coleção Back To Mine. Nesta série, os artistas são convidados a escolher o alinhamento de um CD, com músicas da sua preferência. Nas escolhas de Tricky figuram nomes como The Cure, Morphine, Buzzcocks, Kate Bush e Chet Baker, cobrindo estilos musicais diversos.
Como referenciar: Porto Editora – Tricky na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-04 08:29:42]. Disponível em