tropo

Palavra de origem grega que significava desvio. Em sentido lato, emprega-se o termo tropo como sinónimo de figura de estilo ou de retórica, incluindo-se aí todas as figuras em geral, baseado no princípio de que qualquer figura, mesmo a de repetição, altera de alguma forma o significado original da palavra, porque fá-la produzir um efeito transfigurador ou deformador do sentido originário.
Em sentido restrito, os tropos são uma classe de figuras de retórica através das quais as palavras adquirem um sentido diferente do original. Os tropos distinguem-se assim das chamadas figuras de repetição, das figuras de amplificação, das figuras de construção e das figuras de pensamento. Nesta linha, distinguem-se ainda os tropos semânticos dos tropos gramaticais. Incluem-se nos tropos semânticos a catacrese, a imagem, a comparação, a metáfora, o símbolo, o emblema, a alegoria, a parábola, a analogia, a metonímia, a sinédoque, a hiponímia, a antonomásia e a perífrase. Incluem-se nos tropos gramaticais as figuras que implicam uma transferência ou substituição de uma qualquer função gramatical, como a enálage, a hipálage, a hendíadis, a litotes e a metalepse.
Como referenciar: tropo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-24 00:47:11]. Disponível na Internet: