tubarão

Peixe seláceo ou cartilagíneo, da classe dos condrictios, com corpo, geralmente fuselado, dotado de cinco ou sete pares de fendas branquiais situadas lateralmente em relação ao corpo. Existem cerca de trezentas e setenta espécies de tubarões, repartidas por oito ordens e oitenta famílias. A maior parte dos tubarões são hidrodinâmicos, cosmopolitas com distribuição regional. Encontram-se tubarões em todos os mares exceto na vizinhança do continente Antártico. Os tubarões possuem um sistema de captura notável. Os seus maxilares e dentes dispostos em séries, desde os primeiros a aparecer, são funcionais. Os seguintes são os dentes de substituição. Possuem o sentido auditivo muito desenvolvido e sensível. Podem aperceber-se de vibrações sonoras de uma fonte que as emita a mais de dois quilómetros. A sua alta sensibilidade olfativa permite-lhes detetar pequenas concentrações de sangue na água do mar, na ordem de uma parte por milhão. A visão está adaptada à luz difusa do meio marinho. Na face ventral possuem recetores electrossensitivos que detetam os fracos campos elétricos emitidos pelos organismos vivos, principalmente os das suas presas. A pele dos tubarões não está coberta por escamas como as dos peixes ósseos, mas está incrustada por milhões de dentículos cutâneos que os protege contra a abrasão e a fixação de parasitas.
Os tubarões copulam para se reproduzir. A taxa de fecundidade é baixa, algumas dezenas de ovos nas espécies mais prolíferas, mas é compensada pela maior sobrevivência dos juvenis visto que a evolução se faz a partir de uma reprodução ovípara ou ovovivípara.
Os tubarões são animais carnívoros ecléticos e oportunistas que se alimentam principalmente de peixes. Algumas espécies atacam focas, otárias e tartarugas marinhas. O tamanho dos tubarões pode atingir os doze metros e o peso de oito toneladas.
São exemplo de tubarões: o tubarão-branco, o tubarão-martelo, o tubarão-martelo-recortado, o tubarão-frade, o tubarão-raposo, etc.
Como referenciar: tubarão in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-04 15:34:04]. Disponível na Internet: