Turquemenistão

Geografia
País da Ásia Central. Banhado pelo mar Cáspio, a oeste, faz fronteira com o Cazaquistão, a norte, o Usbequistão, a norte e a leste, o Afeganistão, a sudeste, e o Irão, a sudoeste. Abrange uma área de 488 100 km2. As suas principais cidades são Ashgabat, a capital, com 744 300 habitantes (2004), Chärjew (216 700 hab.), Dashhovuse (162 900 hab.), Mary (115 700 hab.) e Nebitdag (87 800 hab.).
É um país praticamente desértico, principalmente a zona de Karakum, uma das maiores extensões desérticas do mundo, onde a vegetação e a agricultura só são possíveis nos oásis, dos quais se destaca o Kopet Dag, no Sul. A maioria dos rios situa-se na parte oriental. O rio principal é o Amudária, ao longo do qual foram construídos vários canais, como o Karakum.

Clima
Tem um clima desértico ou semidesértico, com verões quentes e invernos rigorosos.

Economia
O Turquemenistão possui apreciáveis reservas de petróleo e gás natural. O país também é rico em sal e potássio e tem o melhor algodão do mundo e a célebre lã de caraculo.
Os principais parceiros comerciais do Turquemenistão são a Rússia, os Estados Unidos da América, a Ucrânia e a Turquia.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas, 1999), é de 6,4.

População
A população é de 5 042 920 habitantes (2006), o que corresponde a uma densidade populacional de 10,15 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 27,61%o e 8,6%o. A esperança média de vida é de 61,83 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,748 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) não foi atribuído (2001). Estima-se que, em 2025, a população seja de 7 053 000 habitantes. Os principais grupos étnicos são os turquemenos (77%), os usbeques (9%), os russos (7%), cazaques (2%) e tártaros (1%). As religiões mais importantes são o islamismo sunita (87%) e o cristianismo ortodoxo russo (6%). A língua oficial é o turquemeno.

História
Os Turquemenos eram um povo nómada que se dedicava à pastorícia e que foi conquistado pelos Russos no século XIX. Com o domínio soviético, foram obrigados à sedentarização e a partir de 1930 a economia foi reconstruída e surgiram plantações de algodão e a extração de gás. É um país muçulmano que concede ao seu povo a nacionalidade russa. Tornou-se independente da ex-União Soviética a 27 de outubro de 1991. Para melhor demarcar a sua autonomia adotou um alfabeto latino.
O Turquemenistão faz parte da Comunidade de Estados Independentes, mas foi o único país da Ásia Central a recusar-se a assinar o acordo de integração militar. Sem quebrar oficialmente com a CEI, guarda para si uma política autónoma. Recusou-se também a participar no conjunto de forças destinadas a manter a paz no Tajiquistão. O sistema de decisão económica e política depende da autorização direta do presidente. A Constituição, adotada em 1992, instituiu um sistema presidencial reforçado pelo culto da personalidade. O nome do presidente foi dado ao aeroporto e a várias ruas do país. Em janeiro de 1994 um referendo prorrogou o mandato do presidente Saparmourad Nyazov.
Como referenciar: Turquemenistão in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-17 05:44:21]. Disponível na Internet: