Unidades Coletivas de Produção

Modelo coletivista de exploração agrícola, implementado, particularmente no Alentejo, a partir de 1975, no contexto da chamada Reforma Agrária. As Unidades Coletivas de Produção (UCP's) baseavam-se na redistribuição das terras de cultivo pelas associações de trabalhadores, que se encarregavam da sua exploração. De uma maneira geral, não constituiram uma experiência bem-sucedida, mostrando-se desajustadas face à evolução das estruturas sociais e económicas do País.
Como referenciar: Porto Editora – Unidades Coletivas de Produção na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-06-18 21:50:05]. Disponível em