UNIVAC

Acrónimo utilizado inicialmente para denominar o primeiro computador eletrónico comercial americano, desenhado para efetuar tarefas diversificadas de processamento de dados.
O nome foi também adotado como designação comercial para a subdivisão de Informática da empresa americana Remington Rand.
Durante o final da década de 1940, o físico John Mauchly e o engenheiro de eletrónica J. Prosper Eckert, inventores do ENIAC e então sócios fundadores da empresa "Eckert-Mauchly Computer Corporation", começaram a desenvolver um novo computador a que decidiram chamar Universal Automatic Computer - ou Computador Automático Universal, atribuindo-lhe a sigla diminutiva de UNIVAC. No entanto, em 1950 a companhia foi adquirida pela também norte-americana Remington Rand, que a transformou numa subdivisão comercial de informática, e designou com o mesmo nome anteriormente atribuído ao projeto.
O primeiro UNIVAC construído foi entregue ao Serviço de Recenseamento dos Estados Unidos da América a 31 de março de 1951, e entrou em funcionamento a 14 de junho do mesmo ano.
A quinta unidade, construída para a Comissão de Energia Atómica norte-americana, foi utilizada pela CBS para tentar prever os resultados da eleição presidencial do ano seguinte, com base numa amostra de 1% da população recenseada.
Ao contrário das expectativas iniciais, a eleição do presidente Eisenhower, em 1952, comprovou os cálculos do UNIVAC e celebrizou o computador.
Ao todo, foram construídas 46 unidades do UNIVAC, que foram adquiridas por diversas empresas e entidades, como a General Electric ou a Pacific Mutual Insurance, e a força aérea e marinha norte-americanas, a preços que rondavam o milhão de dólares.
Embora de menores dimensões que outros computadores da época, o UNIVAC ocupava ainda uma área de cerca de 35,5 metros quadrados - pesava cerca de 13 toneladas, cada unidade continha mais de 5000 válvulas de vácuo e conseguia efetuar pouco mais de 1900 operações por segundo, à velocidade de 2,25 MHz.
O funcionamento de um tal número de válvulas gerava uma enorme quantidade de calor, pelo que as máquinas eram atravessadas por uma miríade de canos onde se fazia circular água fria, para assim baixar a temperatura dos componentes.
Como referenciar: UNIVAC in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-13 16:46:07]. Disponível na Internet: