Urbanismo em Roma

A cidade foi encarada de uma forma diferente em Roma que na Grécia, tendo-lhe sido dada uma importância muito similar enquanto fulcro da vida civil, religiosa e política; contudo, e ao contrário daquilo que se tinha verificado entre os helenos, todas as cidades fundadas ou conquistadas por todo o Império Romano se coligaram para melhor difundir o espírito e a cultura de Roma. De facto, as cidades eram de tal forma importantes que apenas os que não tinham possibilidades (denominados "pagãos" – que residiam em aldeias ou pagus - ou "rústicos") viviam fora delas.
A estruturação das cidades romanas primitivas, adaptadas de outras pré-existentes ou criadas de raiz, era ortogonal, organizada em quadrícula ou retícula (baseada na que o grego Hipódamo de Mileto difundiu) e em cujo centro se situava o fórum. Este espaço, onde se erigiam os mais importantes edifícios da cidade, desde templos à(s) basílica(s) e à cúria, era usualmente de planta retangular. O fórum era o fulcro de toda a atividade cívica, onde se ouviam os inflamados oradores e se conversava entre as stoas (colunatas), onde se prestava culto aos deuses mais relevantes e era feita a administração pública nos edifícios da cúria.
Estava na própria cidade de Roma o fórum que era alcunhado de "cabeça do mundo" ou caput mundi: o fórum Republicano ou fórum Romano, sob o monte Palatino. A este sucederam-se vários outros como o de Júlio César, o de Augusto e o de Trajano, todos eles de rigoroso traçado retangular e construídos para comemorar vitórias.
O mesmo princípio organizacional urbanístico era aplicado nos acampamentos militares (ou "castros"), onde com uma groma se mediam os limites a partir do centro, estruturando-se a construção a partir de um eixo vertical, o cardo, e um horizontal, o decumanus. Deste modo se tornou comum a organização urbanística que temos vindo a descrever, uma vez que os acampamentos militares montados para as campanhas de conquista se tornaram inúmeras vezes centros residenciais fixos, sendo a origem de novas cidades.
Como referenciar: Urbanismo em Roma in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-21 16:20:48]. Disponível na Internet: