Valéry Giscard d'Estaing

Estadista francês, nasceu em 1926, em Koblenz (Alemanha), e foi o terceiro presidente da Quinta República Francesa, cumprindo um mandato entre os anos de 1974 e 1981.
Cumpriu serviço no Exército francês em 1944 e 1945 e no início dos anos 50 trabalhou no Ministério da Finanças. Foi eleito para a Assembleia Nacional em 1956 e tornou-se delegado à Assembleia Geral das Nações Unidas (1956-1958). Exerceu o cargo de secretário de Estado das Finanças (1959-1962) e foi nomeado ministro das Finanças (1962-1966) pelo presidente Charles de Gaulle. Nessa qualidade, conseguiu equilibrar as contas do orçamento, facto que já não acontecia há cerca de trinta anos, e tentou limitar a influência económica americana em França. Mas a sua política conservadora levou o país a uma recessão que lhe valeu o descrédito nacional.
Em 1966 tornou-se o primeiro presidente do partido conservador em coligação com os gaullistas. Voltou depois ao Governo (1969-1974), a convite do presidente Georges Pompidou, para exercer novamente o cargo de ministro das Finanças.
Giscard d'Estaing venceu as eleições presidenciais em 1974 contra o esquerdista François Mitterrand. O seu maior contributo como presidente foi o empenho posto na consolidação da Comunidade Económica Europeia. Em 1981 foi derrotado por Mitterrand. Veio a regressar à política em 1988, como líder do partido da União Democrata Francesa.
Como referenciar: Valéry Giscard d'Estaing in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-25 20:34:16]. Disponível na Internet: