Valongo

Aspetos Geográficos

O concelho de Valongo, do distrito do Porto, localiza-se na Região Norte (NUT II), no Grande Porto (NUT III), e insere-se no Douro litoral, integrando a Área Metropolitana do Porto. Localiza-se a norte do rio Douro, compreendendo as bacias hidrográficas dos rios Ferreira e Leça. Encontra-se enquadrada pelas serras de Baltar e de Valongo.
O concelho encontra-se rodeado pelos concelhos de Santo Tirso a norte, Paredes a este, Gondomar a sul, e Maia a poente. Com uma área de 75,7 km2, compreende cinco freguesias: Alfena, Campo, Ermesinde, Sobrado e Valongo.
Em 2011, o município apresentava 93 858 habitantes. O natural ou habitante de Valongo denomina-se valonguense.

História e Monumentos

A ocupação deste território é anterior à romanização, tendo-se assistido nesta época a um surto de desenvolvimento associado à extração mineira. Já teve o nome de Susaca e posteriormente de Vale Longo, cuja simplificação deu origem à designação atual de Valongo.

O concelho foi criado em 1836, com D. Maria II, assumindo nesta data o estatuto de sede de concelho. Do património do concelho destacam-se o cruzeiro do Senhor do Padrão, a Igreja Matriz de Valongo, a Quinta das Telheiras, o Convento de Nossa Senhora do Bom Despacho e de Santa Rita de Mão Poderosa e o Palácio dos Mesquitas.

Tradições, Lendas e Curiosidades

O feriado municipal é no dia 24 de junho, dia de S. João. Realiza-se mercado em Ermesinde e Valongo, às segundas-feiras e sábados, respetivamente.

As principais romarias são: Santa Rita, no sexto domingo depois da Páscoa, no Convento da Formiga, freguesia de Ermesinde; Santa Justa, 19 de julho ou no domingo a seguir (no caso de aquele dia não coincidir com um domingo) em Valongo; S. João, a 24 de junho; S. Mamede, 15 a 17 de agosto; Valongo e Nossa Senhora das Neves, nos dias 11, 12 e 13 de agosto.

A tradição do concelho compreende a produção de artigos de artesanato, como brinquedos feitos em madeira e chapa, objetos em ardósia e trabalhos em linho.

Economia

A construção das linhas de caminho de ferro do Minho e Douro, juntamente com a melhoria e expansão da rede viária, impulsionou o desenvolvimento económico do concelho, facilitando a implantação industrial.
Como referenciar: Valongo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-19 11:31:54]. Disponível na Internet: