Van Halen

Em pouco anos os Van Halen tornaram-se uma das mais populares bandas de Los Angeles, granjeando inúmeros fãs atraídos pelos riffs pouco convencionais de Eddie e pela exuberante presença em palco de Roth.
A sua grande oportunidade surge em 1977, quando o baixista dos Kiss, Gene Simmons, reparou neles num concerto num clube local e lhes financiou uma sessão de gravação. E é graças às recomendações de Simmons que a banda consegue um contrato discográfico com a Warner Bros.
O seu álbum de estreia, Van Halen, é editado em 1978 e inclui os hit singles "Runnin' Without the Devil" e uma versão de "You Really Got Me" dos Kinks. Tudo isto num disco onde sobressai o talento de Eddie na guitarra (que dela tirava sons inigualáveis) e da voz de Roth, que tornam a banda numa das mais inovadoras da cena rock da época. Seis meses após a edição de Van Halen, o disco chega à platina, lançando a carreira do grupo e influenciando inúmeras bandas durante a década seguinte.
Nos anos subsequentes, a banda torna-se numa das mais profícuas da indústria musical, editando uma série de álbuns multiplatinados que se sucederam rapidamente: Van Halen II (1979), Women and Children First (1980), Fair Warning (1981) e Diver Down (1982).
Mas é com 1984 que o grupo consolida o seu estatuto de superestrelas. O álbum inclui mega-hits como "Jump", "Panama" e "Hot for Teacher", todos eles acompanhados com telediscos bem sucedidos e que lhes valem inúmeras passagens na MTV.
Apesar de todo o sucesso, a verdade é que as coisas não estavam bem no seio da banda. As tensões crescentes entre Roth e os outros membros do grupo eram, então, notórias. Na sua tournée mundial de 1984, os elementos do grupo tocavam no mesmo palco, mas em plataformas diferentes - facto bem demonstrativo do grau de degradação das relações entre os músicos. Em 1985, após ter gravado um disco a solo muito bem sucedido, Roth abandona os Van Halen.
O lugar do vocalista é rapidamente ocupado por Sammy Hagar. No entanto, o lugar de Roth revelou-se de difícil preenchimento. Ainda assim, a banda grava álbuns de sucesso com Hagar, que acaba por permanecer mais tempo na banda do que o antigo vocalista. O sucesso não os abandona e, em 1986, gravam 5150, que incluía o hit-single "Why Can't this be Love"; mais tarde, em 1991, é o álbum For Unlawful Carnal Knowledge que lhes vale novo êxito, com "Right Now". Em 1993, a banda edita o seu primeiro álbum duplo ao vivo, Van Halen Live: Right Here, Right Now.
A meio da década, por alturas da edição de Balance, vêm de novo à tona tensões no seio do grupo, nomeadamente entre Eddie e Hagar; após a edição do disco, Hagar deixa a banda. Pouco depois deste acontecimento, Roth regressa aos Van Halen. Mas durou pouco tempo a ligação, uma vez que Roth, após a gravação de duas músicas para primeiro volume do best of da banda e de uma aparição nos Prémios MTV de 1996, abandona mais uma vez os Van Halen. Assim, pouco tempo depois, é Gary Cherone (ex-vocalista dos Extreme) que ocupa o lugar deixado em aberto por Roth. O muito aguardado álbum desta nova formação é editado, na primavera de 1998, com o nome Van Halen III. O disco incluía o single de sucesso "Without You".
Como referenciar: Van Halen in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-04-09 13:42:28]. Disponível na Internet: