Van Morrisson

Músico irlandês nascido a 31 de agosto de 1945, em Belfast. Filho de músicos que o iniciam, desde cedo, no jazz e nos blues, aos 15 anos deixa a escola e ingressa, como saxofonista, numa banda de R&B chamada The Monarchs. Depois de uma tournée com a banda pela Europa, Morrison resolve fundar a sua própria banda: os Them, que têm em "Gloria" o seu maior sucesso, tornando-se mesmo num dos temas rock com mais versões feitas por outros grupos. Apesar do êxito, Morrison mostra-se descontente com a indústria discográfica e dissolve a banda, regressando à Irlanda.
No entanto, pouco tempo depois já estava de volta ao estúdio, gravando singles com o compositor Bert Berns. O resultado imediato foi "Brown-Eyed Girl", que se tornou um sucesso, levando à edição de uma coletânea, Blowin' Your Mind!, em 1967.
No ano seguinte, sai Astral Weeks, editado já pela Warner Bros. O disco é um fracasso comercial, mas a crítica considera-o uma obra-prima. Moondance segue-se em 1970, com uma sonoridade country-pop mais acessível, encontrando sucesso comercial no tema que dá nome ao disco, bem como no single "Come Running". Morrison fecha a década com Into The Music, um trabalho que examinava o estado do Cristianismo, inaugurando uma viagem mística da qual retirou a sua força criativa ao longo de toda a década de 80. De entre os seus álbuns mais notáveis desse período estão A Sense Of Wonder, de 1985, um disco que prestava homenagem ao poeta William Blake, e Poetic Champions Compose, uma colaboração com os The Chieftains, na qual Morrison explora as suas raízes celtas.
Van Morrison está entre os mais inovadores músicos da história do rock. Um investigador incansável, cuja voz encatatória e a fusão alquímica de R&B, jazz, blues e folk céltico produziu uma das mais transcendentes e espirituais obras de toda a história do rock'n'roll.
Como referenciar: Van Morrisson in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-15 03:06:42]. Disponível na Internet: