Vanderlei Luxemburgo

Treinador brasileiro de futebol nascido a 10 de maio de 1952, em Nova Iguaçu, nos arredores do Rio de Janeiro.
A ligação de Luxemburgo ao futebol começou como jogador, tendo sido um defesa-esquerdo mediano em clubes como o Botafogo, o Flamengo ou o Internacional de Porto Alegre.
Aos 34 anos deu início à carreira de treinador no Olaria, do Rio de Janeiro. Três anos mais tarde, em 1989, alcançou o sucesso inicial da sua carreira ao conseguir que o Bragantino, equipa dos arredores de São Paulo, subisse pela primeira vez à Primeira Divisão Paulista. Logo em 1990, o Bragantino sagrou-se campeão paulista. Após uma passagem pelo Flamengo, Vanderlei levou o Palmeiras ao título paulista em 1992 e ao brasileiro em 1993, depois de este clube ter estado quase vinte anos sem alcançar campeonatos. Em 1994 repetiu estes triunfos mas, no entanto, abandonou o clube e treinou sucessivamente o Paraná e o Flamengo. Regressou ao Palmeiras em 1996 para voltar a ser campeão paulista. Em 1998 reconquistou o campeonato brasileiro, mas desta vez como treinador do Corinthians, de São Paulo. O seu currículo ganhador levou a que fosse nomeado selecionador do Brasil em agosto de 1998. Logo no ano seguinte, conquistou a Copa América, a mais importante prova de seleções da América Latina, mas uma série de maus resultados em 2000 levaram a que fosse despedido. Voltou a treinar clubes, o Corinthians e o Palmeiras, mas sem sucesso, até que em 2003 se tornou novamente campeão do Brasil, desta vez orientando o Cruzeiro. No ano seguinte, repetiu o título nacional, quando treinava o Santos. Com este quinto título passou a ser o técnico brasileiro com mais campeonatos conquistados.
No final de 2004, foi contratado pelo Real Madrid de Espanha, onde alinhavam jogadores como os brasileiros Ronaldo e Roberto Carlos, o português Figo, o francês Zidane e o inglês Beckham. Vanderley Luxemburgo tornou-se dessa forma o primeiro treinador brasileiro a orientar o Real Madrid.
Entretanto, em 2001 um juiz havia obrigado Vanderlei a mudar de nome depois de este ter sido acusado de falsificação de documentos pessoais. Antes, o técnico alegava que o seu nome se escrevia Wanderley e que tinha nascido em 1955.
Como referenciar: Vanderlei Luxemburgo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-16 21:54:04]. Disponível na Internet: