Vasco da Gama (futebol)

A coletividade brasileira Clube de Regatas Vasco da Gama, assim nomeada em honra ao navegador lusitano, foi fundada a 21 de agosto de 1898 no Rio de Janeiro por um grupo de portugueses. No entanto, só em 1915 passou a ter uma equipa de futebol. A opção pelo futebol aconteceu após a fusão com outros dois clubes da colónia portuguesa no Brasil, o Lusitânia FC e o Centro Português de Desportos.
O primeiro jogo do Vasco da Gama, a contar para a III Divisão, ocorreu a 3 de maio de 1916, e a equipa foi derrotada por 10-1 pelo Paladino.
Sete anos depois, em 1923, o Vasco da Gama, na primeira vez em que disputou a I Divisão, venceu o campeonato do Rio de Janeiro, intitulado Liga Metropolitana. Contudo, como a equipa utilizava jogadores negros, a maior parte dos outros clubes resolveu abandonar a Liga. Essas coletividades fundaram a Associação Metropolitana de Esportes Amadores e recusaram a entrada ao Vasco da Gama. No ano seguinte, o clube dos portugueses voltou a vencer o campeonato carioca da Liga Metropolitana, que contava na altura com menos equipas.
A 21 de abril de 1927 inaugurou o Estádio de São Januário, na altura o maior da América Latina.
Em março de 1928, numa partida amigável contra a equipa uruguaia Wanderers, o Vasco da Gama ganhou por 1-0, com a particularidade do golo ter sido apontado de canto direto pelo jogador Santana. Como os uruguaios eram campeões olímpicos de futebol, esse tipo de golo passou a chamar-se "olímpico".
Momento grande da história do Vasco da Gama foi a conquista, em 1948, do Torneio dos Campeões Sul-americanos, disputado no Chile, naquele que foi o primeiro triunfo de uma equipa brasileira numa prova internacional.
Em 1974, após a conquista de vários campeonatos do Rio de Janeiro, o Vasco da Gama sagrou-se finalmente campeão brasileiro, sendo o primeiro clube carioca a conseguir tal feito.
Só quinze anos depois, em 1989, os vascaínos voltaram a ganhar o campeonato brasileiro, tendo como vedeta Bebeto, que foi comprado aos rivais do Flamengo.
No início de década de 90, o Vasco da Gama viveu outro momento de glória ao vencer por três anos consecutivos o campeonato estadual do Rio de Janeiro: 1992, 1993 e 1994. Na conquista do título de 1992 ainda participou Roberto Dinamite, o melhor goleador de todos os tempos do clube, com 698 golos em 1110 jogos.
Em 1997, o Vasco da Gama conquistou o seu terceiro título brasileiro, muito graças ao contributo do goleador Edmundo, conhecido por "Animal". Marcou 29 golos nesse campeonato, seis dos quais num só jogo. No ano seguinte, o Vasco da Gama ganhou a Taça dos Libertadores da América, importante prova de clubes sul-americana, batendo na final o Barcelona de Guaiaquil, do Equador. Donizete, que já jogou no Benfica, foi um dos principais obreiros da vitória ao marcar golos nos dois jogos da final.
Em 2000 teve lugar mais uma conquista internacional, desta vez com o triunfo na Taça Mercosul. Romário, que havia regressado em 1999 ao clube de onde saiu em 1988, ajudou a equipa a fazer uma grande reviravolta na final contra o Palmeiras, também do Brasil. Depois de estar a perder por 3-0, a equipa ganhou 4-3.
Nesse mesmo ano o Vasco da Gama sagrou-se pela quarta vez campeão brasileiro.
Como referenciar: Porto Editora – Vasco da Gama (futebol) na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-07-31 20:23:30]. Disponível em